Bambu



Você Sabia? O bambu é um membro da família das gramíneas (assim como o trigo), e possui mais de 80 gêneros e 1200 espécies. Composto por um rizoma (a parte subterrânea de um caule) e um tronco oco (seccionado por nós) chamado colmo, o bambu se caracteriza por seu crescimento: certas espécies crescem mais de um metro por dia e podem chegar a 30 metros de altura e 35cm de diâmetro. Os bambus estão presentes naturalmente no mundo todo, exceto na Europa. No entanto, atualmente certas espécies são cultivadas por lá. O bambu apresenta uma excelente resistência mecânica em relação ao peso, devido, entre outras coisas, ao comprimento das fibras que o formam, que se comparam a materiais compósitos de alto desempenho. O crescimento rápido dessa planta é útil contra a erosão do solo. Material renovável, é apreciado no contexto do desenvolvimento sustentável. No entanto, a facilidade com que se rompe impede que seja usado em montagens mecânicas convencionais. Podem ser usados em feixes, mas esse tipo de uso é um tanto limitado. Essa espécie de montagem é encontrada na Ásia, por exemplo, em andaimes feitos de bambu, que atingem alturas surpreendentes (acima de 400m). Bambus também são utilizados em produtos finais: laminados, tacos, pisos e tecelagem, que oferecem alta resistência à abrasão e boa estabilidade dimensional. Suas fibras também são usadas para a fabricação de papéis e tecidos. Pontos Fortes: leveza, resistência mecânica, flexibilidade, preço, rápido crescimento. Pontos Fracos: rompe-se facilmente, restrições dimensionais, montagem limitada. Referência: Livro “Materiologia: o guia criativo de materiais e tecnologia”. Ed. Senac SP

Marcadores
Matérias recentes