A estética do ladrilho hidráulico



Ornamentais acima de tudo, os ladrilhos hidráulicos estão entre os revestimentos mais tradicionais que existem. Derivados do mosaico bizantino, são produzidos artesanalmente, um a um, a partir de moldes metálicos e de uma mistura de matérias primas como o cimento branco, areia fina ou média bem lavada, eventualmente pó de mármore e pigmentos inorgânicos. Cada peça é composta por três camadas: a decorativa, com cerca de 2 mm de espessura, o miolo constituído por cimento, e a terceira, composta por argamassa.

Para realização dos diferentes desenhos, a produção utiliza um conjunto de moldes de ferro, cobre ou latão. Após a moldagem e o endurecimento da massa, a peça é retirada da forma e submetida à cura por imersão em água. Daí o nome ladrilho hidráulico. Em seguida, o ladrilho é colocado para secagem, processo que pode demorar até dez dias. Em função do processo manual, a altura das peças pode apresentar variações. O nivelamento é feito durante o assentamento com argamassa. Por isso, é importante que a aplicação seja feita por um profissional experiente, sobretudo quando a paginação do piso é elaborada. Também é indicado o uso de argamassa branca quando se for trabalhar com ladrilhos claros. Quanto à manutenção, três cuidados simples são necessários, segundo os fabricantes, para manter o ladrilho hidráulico bonito por muito tempo. O primeiro é lavar a superfície somente com água e sabão neutro. Também recomenda-se aplicar cera líquida ou em pasta a cada 15 dias. Por fim, jamais devem ser usados produtos ácidos sobre as peças, já que eles podem corroer o cimento. Nos últimos anos, o resgate da estética do passado aliado à busca por soluções para revestimento exclusivas deu um novo impulso à produção desse material. No intuito de viabilizar a disseminação do ladrilho, hoje é possível encontrar revestimentos cerâmicos que reproduzem a linguagem estética do ladrilho, trazendo consigo vantagens econômicas e práticas. A peça cerâmica que apresentamos hoje, da marca CEUSA, é um exemplo disso. Nas paredes ou no chão, estes revestimentos são ótimos para quem não tem medo de ousar na decoração. Com desenhos coloridos que vão dos geométricos até os mais trabalhados, combinam com ambientes internos e externos e podem ser utilizados em pisos e paredes. Seja na cozinha, varanda, ou até no quarto, os ladrilhos hidráulicos, ou os porcelanatos que os imitam, são mais que simples revestimentos, eles dão bossa à decoração! Confira outras peças inspiradas no ladrilho hidráulico aqui: http://goo.gl/OzgUiX

Marcadores
Matérias recentes