Depurador, exaustor ou coifa?

 

 

Muitas pessoas ficam em dúvida na hora de escolher este eletrodoméstico. Hoje daremos dicas para facilitar esta escolha.

Depurador: O ar é aspirado e a gordura é retida nos filtros, o odor é quebrado e depois o ar retorna ao ambiente, criando um ciclo. A manutenção é feita com a troca ou higienização dos filtros, a depender do modelo. A instalação só pode ser feita em paredes, portanto cozinhas com ilhas já não podem ter depuradores. É indicado para cozinhas pequenas e/ou apartamentos por ser mais portátil, mais barato e de fácil instalação. 

Exaustor: Um dos equipamentos mais antigos, sua função principal é expulsar o ar de dentro do ambiente onde se encontra. É composto basicamente pela estrutura de captação do ar e um motor com hélice, e por não possuir nenhum tipo de filtro acaba acumulando todas as impurezas no aparelho.

Coifa: A função da coifa é sugar o ar quente, retirar a fumaça e filtrar o cheiro e a gordura do ambiente, retendo-a em filtros substituíveis, sendo o ar filtrado expelido para o exterior. As coifas são mais eficientes do que depuradores mas também tem um preço geralmente mais elevado. Como o ar quente é retirado do ambiente e enviado para fora, o ambiente fica menos aquecido.

As coifas podem possuir duas funções, que diferem no processo de tratamento do ar da seguinte forma:

Por Exaustão: descarta o ar pré-filtrado diretamente no ambiente externo. É necessária uma infra estrutura prévia, uma tubulação que conecta a coifa ao ambiente externo. É um dos sistemas mais eficientes.

Por Depuração: o ar passa por um segundo processo de filtragem com o objetivo de eliminar os odores, devolvendo-o depurado ao ambiente da cozinha. A diferença básica entre um depurador e uma coifa que assume essa função é que o primeiro não necessita de uma saída externa.

No momento da escolha cada caso deve ser avaliado individualmente, fatores como espaço físico, disponibilidade para instalação de chaminé e preço devem sempre ser levados em conta. 

O aspecto visual também é importante, muitos preferem investir um pouco mais em uma coifa para utilizar somente a função de depurador de ar. As coifas são muito decorativas e, hoje, podemos encontrar uma infinidade de materiais para combinar com o décor da cozinha. O interessante é sempre aliar beleza à praticidade, fácil manutenção, e rendimento do equipamento.

As coifas podem ainda ser classificadas quanto a forma que são instaladas:

Coifas de Parede: É a forma mais comum encontrada no mercado. Neste sistema a coifa é instalada em uma parede do ambiente, sobre o fogão.

Coifas de Ilha: Neste sistema de instalação a coifa é instalada no teto da ambiente. É muito utilizado em espaços mais amplos onde o fogão não é posicionado junto à bancada de parede, mas sim em ilhas.

Coifas em Ângulo: Sistema menos comum de instalação, é utilizado quando o fogão é instalado no canto da cozinha.

Lembre-se: A coifa deve cobrir toda a superfície do fogão: para fogões e cooktops de 4 bocas use coifas com 60 cm ou 70 cm, para fogões e cooktops de 5 ou 6 bocas o ideal é uma coifa 90 cm. Existem algumas opções de depurador com 80 cm que são indicadas para o uso em fogões de 5 bocas.

Marcadores:

Please reload

Please reload

Please reload

Marcadores
Matérias recentes