Cabeceira estofada

 

 

Foi-se o tempo em que elas eram um simples apoio para a cabeça. Cada vez mais, a cabeceira da cama está se tornando um item fundamental para dar um toque personalizado à decoração do quarto. 

A peça mais tradicional - que fica presa à cama e não à parede – parece ter caído em desuso, ao passo que as cabeceiras customizadas ganham espaço e refletem a personalidade do dono. Em tecido ou madeira, em tons escuros ou colorida, a cabeceira ajuda a dar o tom do ambiente. 

Hoje as cabeceiras estofadas podem vir de diferentes formas, geralmente retas com tecidos lisos ou estampados, elas ficam lindas e mudam de estilo de acordo com o tecido usado. Antes de escolher o modelo de cabeceira avalie a praticidade de alguns materiais. Em geral, as cabeceiras de tecido exigem mais cuidado com a limpeza, principalmente se forem de cores claras e tecidos permeáveis, que deixam a sujeira mais aparente. Para quem prefere não se preocupar com isso, as peças de madeira são mais indicadas.

As cabeceiras de cama estofadas com capitonê são clássicas e nunca saem de moda. O capitonê é um trabalho de tapeçaria com botões costurados de forma profunda, com isso o tecido é dividido em quadrados ou losangos que podem ser marcados com botões ou pesponto, para que o tecido fique com relevo em algumas partes.

Outra maneira de usar a cabeceira é através de placas estofadas. Elas podem ser usadas passando da largura da cama e se estendendo até as mesas de cabeceira, dessa forma a parede da cama fica alongada e parece maior.

Em quartos pequenos, nas cabeceiras podem ser acopladas prateleiras ou nichos, que substituem os criados mudos. Espelhos atrás da cama podem revestir a parede inteira, e papel de parede também é um ótimo recurso para dar aquele toque a mais de personalidade. 

Curiosidade: Você sabia que os antigos gregos não usavam suas camas apenas para dormir mas para socializar com amigos e fazer suas refeições? Dessa forma a cabeceira estofada tornou-se um importante item para se encostarem e ficarem confortáveis.

Marcadores:

Please reload

Please reload

Please reload

Marcadores
Matérias recentes